Incrível

A cadela que este casal resgatou estava agindo estranho. Então, ela os levou até uma menininha de três anos pelada em um fosso.

Com duas pernas quebradas e várias costelas quebradas e uma enorme quantidade de tecido de carpete no estômago, a pequena Petunia foi um dos piores casos já vistos pelos ativistas dos direitos dos animais da Delta Animal Shelter. Em abril de 2016, quando a cadela chegou ao abrigo em Escanaba, em Michigan (EUA), estava claro que ela tinha sido terrivelmente abusada. Ela estava completamente traumatizada e tremia de medo quando os seus salvadores tentavam tocá-la. 

Felizmente, os voluntários do abrigo conseguiram tratá-la, e Petunia recuperou a saúde e também a sua fé em humanos. Ela teve uma recuperação rápida e logo foi adotada. Seus novos donos a chamaram de "Peanut" e a levaram para seu novo lar. A vida tinha dado uma grande reviravolta para a cadela, e o futuro parecia brilhante. 

Mas em uma manhã de março de 2017, Peanut começou a se comportar de forma muito estranha. Sua família percebeu que ela parecia extremamente agitada e tentou acalmá-la. Peanut, no entanto, não sossegava. Ela corria como louca por toda a casa, arranhando a porta para sair. Sem saber o que fazer, seus novos donos abriram a portar e a viram correr como um raio para um campo na vizinhança. 

Os donos de Peanut foram atrás dela tão rápido quanto conseguiam. Eles finalmente a alcançaram perto de um fosso, onde ela ficou olhando intensamente para algo na lama. Quando eles olharam para baixo, eles não conseguiram acreditar em seus olhos: lá estava uma menina de três anos, pelada e encolhida.

Eles imediatamente chamaram uma ambulância e carregaram a menina até em casa. Quando a menina finalmente estava a salvo no hospital, o dono de Peanut escreveu estava mensagem emocionante para o Delta Animal Shelter:

"Querido abrigo,
 
Eu preciso compartilhar uma história sobre o quão maravilhosa tem sido a nossa pequena Peanut! Ela tem sido mesmo uma bênção para nossa família, e nós amamos tê-la por perto. Como vocês sabem, o seu passado é de partir o coração, e nós estamos muito felizes por podermos tê-la em casa e dar o amor e a família que ela merece. No entanto, acho que ela ainda carrega algum tipo de 'sexto sentido' sobre sua vida passada.

Hoje, Peanut foi responsável por salvar a vida de uma menininha de 3 anos. Mais ou menos às 11 da manhã, ela começou a agir como louca em casa. Ela estava correndo e latindo para cima e para baixo das escadas. Depois, ela foi até meu marido, que estava na garagem trabalhando em alguns projetos, e o avisou que queria sair. Ele disse que podia ouvi-la correndo no andar de cima, mas não sabia o motivo. Ele a deixou sair e ela foi latindo para o campo atrás de nossa casa em velocidade máxima. Meu marido a seguiu e, para sua surpresa, encontrou uma menina de três anos, pelada, tremendo e encolhida como uma bola. Ele a pegou, a enrolou em seu suéter e a levou para dentro de casa. Ele ligou para a emergência e registrou o incidente. Quando a ambulância e a polícia chegaram, a menininha só conseguia falar uma coisa: 'cachorrinho.'

Graças a Peanut, a vida de uma garotinha foi salva hoje. Ela tem sido uma bênção para nós, e, agora, é também para outros. Palavras não podem expressar o quão gratos estamos por ter Peanut em nossas vidas e o quão incrível ela é. Ela é parte da nossa família agora e, graças a pessoas incríveis como vocês do abrigo, ela está viva. Sem ela, não só ela não estaria neste mundo, mas a vida dessa menininha também teria sido levada."

A garota está bem e sob custódia da assistência social até que a investigação termine. Obviamente, as autoridades querem saber como ela acabou naquele fosso.

Você pode assistir a uma reportagem sobre esse resgate especial aqui (em inglês): 

Já em relação a Peanut, ninguém consegue realmente explicar como essa cadela corajosa pôde sentir o perigo no qual a menina estava. Alguns acreditam que a própria história de sofrimento de Peanut a fez particularmente sensível ao sofrimento dos outros. Qualquer que seja o caso, a menina resgatada será eternamente agradecida. Bom trabalho, Peanut! Você é uma cadela muito especial!